Agenda Cultural Bahia
Facebook Twitter

Comunidade LGBTQI+ é tema do Soteropolis

O Dia Internacional do Orgulho LGBTQI+ é comemorado dia 28 de junho. O soterópolis dialoga com a comunidade há 15 anos e, nesta quinta-feira (27), vai refletir sobre orientações sexuais, identidade de gênero, homofobia, e outras questões pertinentes. O programa vai ao ar às 22h, na TVE Bahia.

Ativista social, psicóloga e secretária de juventude da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Ariane Sena atua na coordenação de direitos humanos, e vai esclarecer a diferença entre orientação sexual e identidade de gênero. Enquanto trans, ela vai falar sobre a inserção na sociedade e em especial no mercado de trabalho e as dificuldades enfrentadas.

Na edição que homenageia o Dia do Orgulho LGBTQI+, a reportagem vai conversar ainda com a promotora de justiça e coordenadora do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (GEDEM/LGBT), Lívia Maria Santana e Sant’Ana Vaz, sobre a importância da criminalização da homofobia e os benefícios que traz à comunidade, um direito que vinha sendo reivindicado há pelo menos 40 anos.

O público vai conhecer também o trabalho das artistas Anne Ganzala Lorde, grafiteira, lésbica e negra, que fala dos desafios de ser uma mulher grafiteira numa cidade como Salvador, como começou a grafitar, os preconceitos sofridos, suas inspirações, referências e desafios, e Raíssa Éris Grimm, poeta transfeminista/ lésbica, que vai falar da poesia como ferramenta para o combate ao preconceito e intolerância.

Ainda nessa edição, o programa conta um pouco da história de Bruno Santana, assessor parlamentar e professor de capoeira, que sofreu transfobia depois de pais de alunos questionarem a sua presença na equipe da escola.

O Soterópolis vai ao ar na TVE às quintas-feiras, às 22h, com reprises às sextas-feiras e aos domingos, às 19h.

  • 22h